Uma viagem por Bolivia

mg_0191

Eram 8 estudantes de medicina pelo norte argentino e um pouco da fronteira de Bolívia

     Em pleno Julho, época de férias da faculdade de medicina, decidimos mudar de ares. Desta vez um pouco do norte argentino e a sua cultura fortemente marcante!  A viagem poderia ter sido tranquila… mas não foi! Viajar até ao norte ou até mesmo a outro país limítrofe implicaria um grande gasto de dinheiro. Como deves imaginar, ser um estudante universitário é a mesma coisa que dizer pobre, então a única hipótese foi (mais uma vez) fazer dedo nas estradas até ao destino final.

     A saída foi feita em dupla (menino e menina), cada dupla em dias diferentes e começou desde a Villa Libertador – Argentina. A minha dupla era a Karem e saímos bem cedo num sábado de manhã, chegámos até Diamante e tivemos que voltar atrás porque eu mesmo esqueci o meu passaporte português para passar a fronteira… mas pronto.. lá conseguimos chegar de novo, e pela tarde já estávamos por Santa Fé tomando um camião que levou-nos até Santiago del Estero e pernoitamos juntos dentro dos camiões.

13643085_337833139940015_328860462_n
Karem e eu fazendo dedo nas estradas

ATENÇÃO!! Era a primeira vez que a Karem fazia dedo nas estradas e era a minha primeira vez sozinho sem alguém experiência a acompanhar-me! Ao inicio, muito antes de começarmos a viagem, eu pensava que iria ser bem complicado de la chegar. Mas na verdade para quem nunca tinha feito tal coisa, a Karem bem que tomou o jeito das coisas, e muitas das vezes que conseguimos boleia foi graças a ela! Ela é excelente!!

20160730_161354
Karem e eu dentro dos camiões

  No dia seguinte encontrámos um bom camionista que iria até á fronteira da Bolívia, e graças á Karem conseguimos que ele pudesse levar-nos até lá!! E passando pela ruta 66, bem na entrada, encontramos a dupla do Luan e da Acsa e aquele bendito homem levou-nos os quatro até á fronteira, e outra vez graças á Karem que chorou ao homem!!

20160731_181354
Os quatro dentro do camião rumo á fronteira Boliviana

Chegámos de noite a La Quiaca, encontramos o Adriel e a Laiza e no dia seguinte decidimos passar a fronteira para Villazon. A ultima dupla que faltava não chegou a tempo, e por isso tomamos o comboio que iria levar-nos ao nosso destino final, UYUNI!!

mg_9789

img_956413671079_1080354042058651_1001257394_n211913671298_1402071316473231_818051726_nimg_9765

Uyuni é uma cidade bem perto da fronteira, onde está situado o mais conhecido Salar de Uyuni ou Salar de Tunupa. É considerado a maior planície de sal do mundo com 10.582 metros quadrados. É um lugar lindíssimo, fiquei encantado ao observar o céu azul e aquele plano todo branco!

Contratamos uma empresa de turismo que fez-nos uma visita guiada pelo cemitério dos comboios, a zona das bandeiras e a ilha do pescado (dentro do salar).

mg_982114063396_136321583483016_1629763873_n14134615_177321866032935_382541401_n9  13774669_327382810927543_992497578_n13706790_1326808697331132_1500852098_n13712177_1788604081424542_1740147231_n13712290_1143145845744844_1816331667_n13687229_168221993607008_295369176_n

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s